É possível alcançar a perda óssea zero ao redor de implantes?

A remodelação óssea marginal peri-implantar, também conhecida como saucerização, é um fenômeno fisiológico com origem multifatorial, descrito há muitos anos na literatura. Os trabalhos pioneiros do grupo de pesquisa do Prof. Branemark consideravam padrão de sucesso uma remodelação de 1 a 2 mm no primeiro ano do implante em função e uma progressão de até 0,2mm ao ano.

Atualmente a literatura nos traz média bastante inferior, relatando remodelação de 0,2 a 0,8 mm e principalmente estável ao longo dos anos, caso não ocorra nenhuma patologia peri-implantar.

Este fenômeno ocorre principalmente em fenótipos periodontais delgados, pela necessidade de restabelecimento de um espaço supra-crestal para acomodar o tecido conjuntivo, o epitélio juncional e o sulco gengival. Este fato pode ser contornado com a utilização de técnicas de manejo tecidual que alterem o fenótipo periodontal da área a ser reabilitada e com a instalação infra óssea dos implantes, permitindo um maior espaço biológico peri-implantar.

Alguns trabalhos atuais consideram que esta remodelação só pode ser chamada de perda óssea quando ultrapassar a plataforma do implante, ficando mais para apical com exposição do corpo do implante. Este fato tem gerado algumas dúvida e confusões por parte dos clínicos.

Apesar então de não haver relatos na literatura sobre a possibilidade de zerar esta remodelação, é possível alcançar valores próximos a isso, mantendo o nível ósseo coronal a plataforma do implante desde que alguns parâmetros cirúrgicos e protéticos sejam respeitados.

Quer saber mais sobre este assunto? Falaremos sobre mais sobre isso e outros assuntos no PRODIM, evento promovido pela MEDENS nos dias 22 e 23 de julho de 2022. Esperamos vocês lá

Patrick Alves

Patrick Alves

Graduado em Odontologia – USP;
Aperfeiçoamento em Prótese sobre Implante – Clinica Via Oral;
Especialização em Periodontia – HRAC/USP;
Aperfeiçoamento em Implantes Odontológicos – Instituto de Ensino Odontológico de Bauru;
Mestre em Ciências Odontológicas Aplicadas – FOB/USP;
Doutorado em andamento em Ciências Odontológicas Aplicadas – FOB/USP;
Professor Periodontia, Implantodontia e Clínica Integrada Unisagrado;
Clínica Privada “Oralle – Bauru”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nome *